Loxonin

Loxonin é um anti-inflamatório muito potente presente no mercado brasileiro. Ele possui ação analgésica que promove alivio da dor em poucos minutos. Ele é de uso oral e adulto, ou seja, não deve ser usado por crianças em nenhuma hipótese. Ele é encontrado nas farmácias e drogarias brasileiras na forma de comprimido, em caixas contendo 8, 15 ou 30 comprimidos de 60 mg. Veja a seguir para que este medicamento é indicado e onde compra-lo.

Onde Comprar Mais Barato?

Loxonin não é um anti-inflamatório dos mais caros, mas ainda assim pode sair pesado no bolso de muitas pessoas. Para tornar a compra mais barata, pesquise na internet pelos menores preços. A nossa dica é buscar nas lojas virtuais de farmácias mais conhecidas como Droga Raia, Ultrafarma e Onofre.

Para que Serve Loxonin?

Como todo anti-inflamatório e analgésico, Loxonin é indicado para tratar diferentes tipos de problemas e doenças que envolvem dores. Sua eficácia está comprovada e os efeitos começam a surgir após 15 minutos da ingestão. Loxonin deve ser usado no tratamento de artrite reumatoide, periartrite do ombro, osteoartrite, em dores pós-cirúrgicas, em processos inflamatórios pós-traumatismo e pós extração de dentes, em processos inflamatórios agudos do trato respiratório superior e em demais casos.

Para usá-lo, deve-se seguir a recomendação médica para evitar as possíveis reações adversas.

Preço do Loxonin

Loxonin pode ser encontrado na maioria das farmácias e drogarias brasileiras. Na Ultrafarma, a embalagem com 15 comprimidos de 60 mg pode ser adquirida por R$21,82. Já na Onofre, a embalagem com 30 comprimidos de 60 mg está por R$37,51. Em diferentes casos é exigida a prescrição médica para a venda.

Como Usar o Loxonin?

É preferível ingerir Loxonin após as refeições, de 8 em 8 horas. De um modo geral, é recomendado ao indivíduo um comprimido de 60 mg, três vezes por dia, respeitando as horas determinadas. Em casos mais sérios pode ser indicada a posologia de um a dois comprimidos de uma única vez. Por dia, não se deve ultrapassar a dose de 180 mg.

De acordo com o quadro clínico do paciente, o médico pode alterar a posologia.

Efeitos Colaterais do Loxonin

Loxonin possui uma série de contraindicações que devem ser seguidas para evitar efeitos colaterais. Por exemplo, ele não pode ser usado por menores de 18 anos, em época de amamentação, nos três últimos meses de uma gestação, por portadores de doenças graves do coração, dos rins ou do fígado, e em demais casos. Para saber todos, leia a bula.

Entre os efeitos colaterais que são causados por Loxonin, podemos destacar: vermelhidão da pele, dor na barriga, inchaço, sonolência, perda do apetite, diarreia, vômito, coceira, azia, dor de estômago, anemia, dor de cabeça, febre, sede, aumento da pressão arterial, tontura, dor no peito, mal estar, entre outros.

Composição do Loxonin

Cada comprimido de Loxonin é revestido em 60 mg de loxoprofeno sódico anidro que é a substância ativa. Além disso, há também os seguintes excipientes: estearato de magnésio, óxido férrico vermelho, lactose monoidratada e hiprolose de baixa substituição.

Está página foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!